Elimine qualquer verruga da pele usando apenas 1 ingrediente – testado e aprovado!

radiofrequencia-para-flacidez_24235_l

A verruga é uma pequena elevação na pele, geralmente macia.

Seu tamanho varia muito.

Além de doer e incomodar, é um grande problema para a estética.

Não por acaso, as bruxas de desenhos animados sempre são marcadas por uma verruga grande no nariz, símbolo maior da feiura.

É bom deixar claro que elas podem surgir em qualquer outra parte do corpo, como braços, pescoço, axilas ou pés.

E geralmente aparece em lugares onde a fricção é constante, como nos dedos.

O problema é bastante comum, mas pode se tornar um grande incômodo se houver inflamação, pois resulta numa verruga maior, mais dolorida e com sangramento.

Ainda não se sabe o que provoca o surgimento dessas intrusas na pele, mas se acredita que a imunidade e a genética estejam como as mais prováveis.

A boa notícia é que podemos eliminar qualquer verruga com apenas um ingrediente e sem dor ou sangramento.

Vamos oferecer três opções de tratamento.

Ambas usam apenas um ingrediente.

Mas antes é importante você confirmar com um médico que seu problema realmente é uma simples verruga.

verrugas_-_novo_-_maio_2016_-_edit.jpg

A primeira receita é com vinagre de maçã.

O vinagre é bem poderoso no combate a vários problemas de saúde e a verruga é um deles.

A aplicação é muito fácil.

Basta limpar a área da verruga com água e sabão neutro.

Depois, coloque sobre a verruga um pedaço de algodão molhado, com água, e deixe por 15 minutos.

Em seguida, seque, pegue outro pedaço de algodão, desta vez molhado com vinagre de maçã, e aplique novamente na área comprometida.

Deixe agir por mais 15 minutos e lave normalmente.

Esse procedimento deve ser repetido três vezes por dia, durante uma semana.

Normalmente a verruga vai ficando escura, criando uma crosta e depois cai.

Quanto às cicatrizes, elas não ficam se a verruga não for profunda e o procedimento for realizado com cuidado.

Ah, só uma observação: se a verruga surgir nas pálpebras, exclua a possibilidade de usar essa alternativa.

Você já tentou eliminar verrugas com receitas caseiras?

1. Sim.
2. Não.

Mas existe outra ótima opção.

Ela também só precisa de um ingrediente.

Estamos falando da casca de banana.

Isso mesmo, o que quase sempre vai para o cesto de lixo é um extraordinário remédio para eliminar verrugas.

O processo é bem simples.

Passe a parte interna da casca de uma banana na verruga quatro vezes por dia.

Normalmente, em uma semana a verruga desaparece.

Fácil e barato, não é?

Mas não acabou!

A casca de batata também é ótima para eliminar verrugas.

Lave bem a batata.

Retire a casca e passe suavemente na verruga.

Faça isso uma vez por dia.

E, quando você perceber, a verruga nem mais estará lá.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Anúncios

Removendo Verrugas e Calos

remoção-de-calos-1024x682.jpg

Removendo Verrugas e Calos

A medicina é uma coisa complicada, onde qualquer número de sintomas aparentemente similares pode realmente ser qualquer coisa em uma variedade de distúrbios altamente específicos. Pegue, por exemplo, uma lesão no pé. É uma verruga? É um calo? Qual a diferença e como cada um deveria ser tratado? Sorte para você, podólogos tornaram-se especialistas na determinação das respostas a essas questões.

A informação incorreta abunda em relação à formação de verrugas. O mito mais popular é que elas podem ser contraídas ao manejar sapos e outros anfíbios. Outro mito afirma que lavar as mãos na água usada para ferver ovos é uma maneira de formar verrugas. Mesmo a crença comum de que a falta de higiene causa verrugas não é necessariamente completamente exata.

sapo

Na verdade, as verrugas são causadas quando o papilomavírus humano (HPV) incorpora-se nos tecidos que compõem o corpo através de cortes ou abrasões na pele. Uma vez incorporado, o HPV infecta a área ao seu redor e cria um crescimento benigno. Esta é a verruga.

As verrugas vêm em várias formas distintas, dependendo principalmente da forma e localização do corpo, que podem depender do tipo específico de HPV envolvido. Para os propósitos de nossa discussão, este texto se concentrará apenas em verrugas plantares – as verrugas que mais frequentemente afetam os pés e são causadas pelos tipos 1, 2, 4 e 63 do HPV (das quase 200 cepas conhecidas do HPV).

As verrugas plantares são extremamente comuns e estima-se que entre 7 a 10% da população esteja infectada com elas. Elas são fáceis de pegar porque a tensão do HPV que causa essas verrugas pode sobreviver sozinha sem um hospedeiro por muitos meses e prosperar em ambientes quentes e úmidos. Ir descalço na piscina ou mesmo em um chuveiro pode levar à infecção e ao desenvolvimento de uma verruga.

verruga-imagem

Prevenir verrugas plantares é relativamente simples. Usar uma forma de calçado fora e ao caminhar em torno de piscinas públicas, vestiários ou chuveiros podem proteger seus pés do contato com HPV no chão molhado. Evitar o contato físico com as verrugas de outra pessoa e não compartilhar meias com outras pessoas também ajudará a prevenir a infecção.

Se tudo isso soa completamente horrível, conserve conforto na tendência para que as pessoas desenvolvam imunidade ao HPV à medida que envelhecem, de modo que aqueles com maior probabilidade de serem infectados tendem a ser crianças e adultos jovens. Os indivíduos mais velhos são menos propensos a sofrer de verrugas.

As verrugas plantares geralmente se desenvolvem nas solas dos pés, geralmente em torno dos pontos de pressão onde o pé afeta o solo. Devido à sua localização, eles são tipicamente empurrados para dentro, no corpo, devido à pressão exercida nos pés. Eles se manifestam como pedaços duros e espinhosos na carne que são dolorosos quando pressionados. Pequenas manchas pretas podem aparecer dentro da verruga causada por pequenas hemorragias capilares sob a pele.

O tratamento das verrugas plantares é difícil, na melhor das hipóteses. Embora as verrugas possam ser fisicamente removidas, o HPV é muito mais difícil de remover e, mais provável que não, os vestígios do vírus permanecerão. Esses traços residuais têm a capacidade de crescer mais verrugas plantares. Atualmente, não há um método completamente confiável de destruir completamente todo o HPV dentro do corpo.

verruga

A remoção das próprias verrugas torna-se a prioridade do pediatra. Existem três graus de tratamento dependendo da gravidade das verrugas. A primeira linha de terapia envolve a limpeza da área com ácido salicílico, que é extraído do salgueiro. O ácido salicílico é comumente usado para esfoliação e limpeza da pele, pois é usado em tampas de Oxy para tratamento de acne.

A segunda linha de terapia envolve atacar as verrugas do lado de fora com técnicas mais destrutivas. Criocirurgia, onde uma solução super-fria, como o nitrogênio líquido ou o dióxido de carbono refrigerado, é aplicada diretamente na carne, pode matar rapidamente os tecidos com os quais ela entra em contato, permitindo que eles caírem e escorrer. A terapia com laser é outra opção extremamente eficaz, onde um laser pequeno e altamente focado é usado para cortar o fornecimento de sangue que alimenta o verruga abaixo da superfície da pele. A imunoterapia intraestrutural também é uma opção, onde uma resposta imune é desencadeada à força dentro da lesão para ajudar o corpo a combater o HPV na fonte.

Finalmente, a terceira linha de terapia é mais invasiva. A cirurgia para praticar o controle físico das verrugas do corpo pode ser necessária em casos graves ou se outros tratamentos falharem. Existe também o antibiótico Bleomycin, destinado a pacientes com câncer. Isto, obviamente, é uma medida de último recurso nos casos em que a infecção por HPV se torna muito difundida para ser curada por outros meios. A bleomicina vem com efeitos colaterais negativos, incluindo febre, erupção cutânea, perda de cabelo, inflamação da pele ou descoloração dos dígitos. Claramente, este não é um tratamento preferido na maioria das condições.

O método do ácido salicílico mostrou ter uma alta taxa de tratamento efetivo e as técnicas mais destrutivas podem não ser necessárias na maioria dos casos. Conforme afirmado anteriormente, o HPV ainda pode permanecer no corpo e dar origem a mais verrugas, caso em que uma abordagem mais direcionada pode ser necessária.

Embora eles possam assemelhar-se superficialmente às verrugas, os calos e os galhos são completamente diferentes. Onde as verrugas são uma infecção viral, os calos e os grãos são causados ​​por pressão ou fricção agindo sobre uma parte do pé. Pode ser apropriado pensar neles com a consideração de que todos os calos são calos, mas nem todos os calos são chamados.

calos

Especificamente, um calo é um remendo de tecido de pele endurecido que resulta de fricção repetida contra outro objeto, geralmente o interior de um sapato. Essa chapeamento cria um montículo espessado de carne endurecida, muitas vezes doloroso ao toque. A formação natural de calos em algumas áreas do corpo, como nas palmas das mãos e nas solas dos pés, pode ser benéfica, uma vez que eles criam estofamento espesso que ajuda a proteger a pele nessas áreas de alto impacto. Como tal, os calos não são necessariamente prejudiciais, mas, se não forem controlados, aqueles que se desenvolvem a partir de abrasão não natural podem desenvolver infecções que podem levar a maiores complicações.

O tratamento de calos é geralmente mais direto do que o tratamento de verrugas. Basta usar melhores sapatos que pareçam que o chaffing será o bastante, já que os calos curarão e aclararão por conta própria. As almofadas de milho podem ser compradas em balcão que fornecem preenchimento enquanto o calo cura. Mais uma vez, o ácido salicílico pode ser aplicado para acelerar o processo, dissolvendo o caroço acumulado de células da pele morta. Lixar esse nódulo com um arquivo de pé ou uma pedra pontilhada vulcânica porosa é outra maneira fácil de reduzir o tamanho do calo. No entanto, os calos e os cálices devem ser verificados por um podólogo para determinar o melhor curso de ação.

No entanto, deve-se notar que aqueles com deformidades de pé distintas, como joaninhas, podem desenvolver calos mesmo com sapatos adequados. Em casos como esses, o tratamento de uma anormalidade de um podiatrist seria o primeiro passo para reduzir a probabilidade de ocorrência de calos.

As verrugas, os calos e os grãos são três problemas muito comuns que afligem os pés de milhões de americanos a cada ano e ainda são incrivelmente fáceis de prevenir. Em todos os três casos, cuidar de proteger os pés usando sapatos de montagem limpos, secos e apropriados deve ser suficiente para evitar ser atingido por verrugas, calos ou grãos.

Como eliminar verrugas com 10 simpatias e remédios caseiros

verruga

Acontece com muitas pessoas. De repente, em um determinado momento, elas aparecem. Quando escondidas, costumam nem receber muita atenção. No entanto, quando surgem no rosto, por exemplo, é difícil não se incomodar com elas: as verrugas.

Causada por um vírus, surge em qualquer parte do corpo e pode doer e coçar. Vale a pena ficar de olho no que fazer quando ela aparece. Mas antes, saiba o que é exatamente a verruga.

O QUE SÃO VERRUGAS E POR QUE É IMPORTANTE REMOVÊ-LAS?

As verrugas são resultado do crescimento anormal da camada superior da pele, e são causadas pelo vírus HPV – Papiloma Vírus Humano.

De variadas formas e tamanhos, não comprometem a saúde, mas costumam incomodar esteticamente.

Apesar de inofensivas, é importante removê-las, tendo em vista que elas são contagiosas e podem se espalhar pelo corpo, caso não sejam tratadas.
REMÉDIOS NATURAIS PARA REMOVER VERRUGAS

Existem algumas receitas para retirar as verrugas, de modo natural. No entanto, todas elas exigem persistência, e uma boa dose de dedicação.
DICAS GERAIS

Como as verrugas são contagiosas, é importante limpar bem o local da verruga, para não correr o risco de reinfeção.
Além disso, essas receitas não valem para verrugas genitais, que devem ser sempre investigadas.
Também é importante fortalecer o sistema imunológico, tendo em vista que as verrugas são causadas por vírus.

Agora, conheça cinco receitas para acabar com elas:

1. ALHO

Costuma ser um dos remédios naturais mais efetivos, tendo em vista as propriedades antissépticas do alho.

Para fazer essa receita, amasse um dente de alho, formando uma pasta, passe no local da verruga e cubra com uma gaze, antes de dormir.

Deixe o produto agir durante a noite e remova-o de manhã.

Faça isso todos os dias até a verruga desaparecer.
2. CASCA DE BANANA

O ácido salicílico presente na casca da banana (em sua parte interna, branca) pode ajudar na remoção das verrugas. Para isso esfregue a casca da banana na verruga diariamente, várias vezes, por cerca de duas semanas.

Se preferir, fixe um pedaço da casca de banana com fita adesiva e deixe agir na verruga.
3. BABOSA

Aplique o gel da babosa na região da verruga e deixe agir por alguns minutos. Faça isso todos os dias.
4. LIMÃO

Essa receita não deve ser passada durante o dia, pois o limão, em contato com os raios solares, mancha a pele. Aplique diariamente, três vezes, uma gaze embebida em suco de limão e deixe por alguns minutos. Faça isso até que a verruga escureça e caia.

5. FITA ADESIVA

Cole um pedaço de fita adesiva na verruga e deixe por seis dias. Após esse período, retire a fita, limpe a região e coloque outro pedaço de fita. Faça isso até conseguir remover a verruga.

Esse procedimento costuma ser mais demorado e pode levar um mês ou mais para fazer efeito.
SIMPATIAS PARA TIRAR VERRUGAS

Apesar de não terem fundamento científico, as simpatias costumam ter defensores convictos. Há quem tenha feito simpatias para eliminar verrugas, e conseguido. Algumas vezes, essas crendices populares passam de geração em geração e seguem mistificadas – e, muitas vezes, fazendo efeitos.

O fato é que existem simpatias para quem quer eliminar as verrugas dessa forma, digamos supersticiosa.
6. CASCA DE BANANA ENTERRADA

Existe, por exemplo, a crença de que passar casca de banana sobre a verruga a faça cair, mas, como dito anteriormente, a banana realmente tem propriedades que facilitam a retirada da verruga. Na simpatia porém, depois de passar a casca da banana no local da verruga, várias vezes por dia, sua casca deve ser enterrada em jardim, vaso ou formigueiro.
7. BACON

A simpatia do bacon é uma das mais populares. Consiste em passar um pedaço de bacon nas verrugas e depois jogar o pedaço de bacon em um formigueiro. Conforme as formigas comem o bacon, as verrugas vãoi caindo. É o que diz a crença!
8. MOEDA

A simpatia da moeda é meio cruel. Diz a lenda que a pessoa portadora das verrugas deve passar uma moeda de qualquer valor sobre as suas verrugas e depois jogar a moeda no chão.

As verrugas cairão com o tempo, mas cairão mais rápido se alguém pegar a moeda do chão, levando as verrugas para si e fazendo com as verrugas de quem jogou a moeda, caiam.

Será? Melhor lavar bem as moedas antes de passar e usar uma moeda de baixo valor para que ninguém a pegue.
9. ÁGUA BENTA

Dizem os crentes que a água benta, gotejada sobre a verruga durante uns 10 dias, a faça secar. Depois de gotejar a água benta sobre a verruga, coloque um pedaço de esparadrapo sobre ela. O princípio é parecido com o da fita adesiva só que leva uma pitada de fé.
10. SAL

O sal é um dos elementos mais usados em simpatias e superstições gerais.

A simpatia do sal para tirar verrugas, consiste em aquecer o sal em uma colher e colocá-lo na verruga mais velha que tiver, de manhã e em jejum, por 3 dias consecutivos.

A lenda diz que, quando a verruga mais velha cair, as outras, se as houver, cairão em seguida. Esta é portanto uma simpatia para todas as verrugas.
Procure um dermatologista

No caso das simpatias, tudo é uma questão de crença, e no caso dos remédios caseiros, por serem provavelmente muito inofensivos, não custa tentar.

Mas caso as verrugas estejam situadas em regiões delicadas do corpo (rosto, partes genitais, etc) a solução mais ponderada e eficaz deve ser dada por um bom dermatologista. Não hesite em consultá-lo.

Nem verruga nem pinta. Saiba o que são estas bolinhas que aparecem no corpo

arte-para-ilustrar-materia-sobre-verrugas-1514485310804_v2_900x506.png

O aspecto da verruga varia de acordo com o local acometido. Costumam se apresentar sem sintomas. Porém, não é anormal que, ocasionalmente, haja sangramento ou dor. Frequentemente são vegetantes (aspecto de couve-flor), ásperas, da cor da pele, mas também podem ser planas, macias e escuras. As lesões clínicas decorrentes da infecção pelo HPV podem se apresentar de diferentes formas:

Verrugas vulgares: são os tipos mais comuns. Em geral, as lesões são pápulas irregulares, endurecidas e ásperas. Podem se apresentar como lesões isoladas ou agrupadas, em número variável. Encontram-se com frequência em áreas sujeitas a maior trauma, como mãos, dedos, cotovelos, joelhos e ao redor das unhas (verrugas periungueais).

Verrugas filiformes: apresentam-se como projeções finas e alongadas, em geral isoladas ou pouco numerosas. Comumente surgem na face, pescoço, pálpebras e lábios, e é alta a incidência em pessoas mais velhas.

Verrugas planas: apresentam-se como pequenas pápulas (“bolinhas”) acastanhadas ou amareladas, de no máximo 5 mm, cuja principal característica é apresentar uma superfície plana e lisa. Surgem com maior frequência na face e dorso das mãos de adolescentes.

Verrugas plantares: as verrugas localizadas nas plantas dos pés são muitas vezes confundidas com os calos. O peso que o corpo exerce sobre elas faz com que cresçam para dentro, o que provoca dor ao andar. A presença de um anel periférico espessado com pequenos pontos escuros no centro da lesão lembra a imagem de um “olho de peixe”, nome pelo qual são popularmente conhecidas.

Verrugas anogenitais: apresentam-se como lesões vegetantes, úmidas, isoladas ou agrupadas, que lembram o aspecto de couve-flor (condiloma acuminado). Podem acometer a mucosa genital feminina e masculina, uretra, vagina, colo do útero, região perianal ou mucosa oral. Existem diferentes subtipos virais envolvidos na infecção genital, estando bem estabelecida a relação entre a infecção genital por alguns subtipos de HPV considerados de alto risco e o câncer genital, principalmente o do colo do útero.

 

Como escolher o melhor creme contra Rugas

qual-creme-para-rugas-usar_22412_l.jpg

Para comprar um bom creme antirrugas deve-se ler o rótulo do produto procurando por ingredientes como os Fatores de Crescimento, Ácido hialurônico, Vitamina C e Retinol porque estes são fundamentais para manter a pele firme, sem rugas, hidratada e combater as manchas que surgem devido a exposição solar.

Os cremes antirrugas quando usados diariamente, a partir dos 30 anos de idade, tem excelentes resultados na firmeza e beleza da pele desde que eles tenham os ingredientes que facilitam a formação de novas células, novos vasos sanguíneos e novas fibras de colágeno e elastina, que dão firmeza e sustentação à pele.
Como escolher o melhor creme contra Rugas

Assim, para comprar um bom creme antirrugas deve-se ler o rótulo do produto e saber exatamente do que a sua pele está precisando. Veja:
Que ingredientes procurar no rótulo

Para ter certeza que está fazendo uma boa compra deve ler o rótulo do produto e buscar os seguintes ingredientes:

Fator de crescimento Epidermal (EGF): Renova as células, cria novas fibras de colágeno e elastina, reduzindo e prevenindo a formação de rugas
Fator de crescimento Insulínico (IGF): Promove a criação de novas fibras de colágeno e elastina, diminui as rugas e aumenta a firmeza da pele
Fator de crescimento Fibrobástico (a FGF ou b FGF): Promove a criação de novas fibras de fibroblasto, excelente na cicatrização da pele depois do peeling, por exemplo
Fator de Crescimento Vascular Endotelial (VEGF): Promove a formação de novos vasos sanguíneos, essencial para nutrir as novas células, regenerando e firmando a pele
Fator de crescimento de Transformação: Estimula a produção da matriz celular, prevenindo a fibrose
Ácido hialurônico: Hidrata profundamente a pele, atraindo moléculas de água para a pele
Vitamina C: Estimula a síntese de colágeno, é antioxidante, protege a pele do sol, ajuda a cicatrizar e clareia olheiras e manchas escuras
Retinol: Estimula a formação de colágeno, proporcionando uma pele mais firme e melhorando a irrigação sanguínea facial, ao mesmo tempo que suaviza as rugas
DMAE (dimethylaminoethanol lactate): Promove a renovação das células, aumentando os níveis de ceramidas, e tem efeito clareador
Vitamina E: Ajuda na cicatrização, reduz o danos provocados pelo sol e pela diminuição da elastina
Matryxil Sinthe 6: Ideal para preencher as rugas, uniformiza a pele e estimula a síntese de colágeno
Proteção solar: Para proteger a pele dos efeitos dos raios UV que favorecem a formação das rugas

O dermatologista ou fisioterapeuta especialista em estética poderão indicar pessoalmente qual o melhor produto para cada pessoa, depois de observar algumas características como idade, presença de rugas ou linhas de expressão, tipos de rugas, hábito de usar creme diariamente ou não, tom da pele e presença de manchas ou olheiras, por exemplo.

Os cremes para rugas que contém neurotoxinas como o Ageless, contém Argireline, não são recomendados como único tratamento contra rugas porque tem ação paralisante, impedindo a correta contração muscular, o que inicialmente pode parecer que melhora as rugas, num efeito Cinderela, na verdade deixa a pele ainda mais flácida e frágil à longo prazo. Além disso, seu efeito vai diminuindo e dura no máximo 6 horas, sendo necessário reaplicar o produto várias vezes ao dia.
Como aplicar o creme antirrugas corretamente
Como escolher o melhor creme contra Rugas

Aplicar o creme antirrugas corretamente é fundamental para que tenha o efeito esperado. Para isso, é recomendado seguir estes passos:

Lavar o rosto com água e sabonete hidratante, ou limpar a pele com um produto de limpeza hidratante e um pedacinho de algodão
Aplicar um creme hidratante facial com proteção solar em todo rosto, pescoço e colo;
Aplicar o creme de cotorno dos olhos, começando pelo canto interno do olho indo em direção ao final de cada sobrancelha. Depois com movimentos em espiral insistir na regiãos dos ‘pés de galinha’
Aplicar o creme diretamente nas rugas ou linhas de expressão, com movimentos circulares por toda ruga, de baixo para cima e depois com movimento de ‘abertura’, como se estivesse tentando fazer a ruga desaparecer;
Aplicar o creme clareador nas áreas mais escuras como sardas, pintas e olheiras.

A quantidade do creme que se deve colocar em cada região é pequena, com cerca de 1 gotinha do tamanho de 1 ervilha em cada área.

Se desejar passar maquiagem esta deve ser aplicada por cima de todos estes cremes.
Porque usar cremes em diferentes áreas do rosto

É necessário usar diferentes cremes, usando um somente para a área dos olhos, outro somente em cima das rugas e e um creme geral para as outras áreas como testa, queixo e bochechas porque cada uma destas partes do rosto precisa de um tratamento diferente.

Usar o creme para os olhos em todo rosto pode ser um desperdício de produto, mas usar um creme hidratante para o corpo em todo rosto, pode não ter nenhum efeito no combate as rugas e linhas de expressão. Saiba o que cada área realmente precisa:

Ao redor dos olhos

Ao redor dos olhos a pele é mais fina e tende a ficar com os famosos ‘pés de galinha’ porque é comum a contração destes músculos para tentar proteger os olhos do sol ou para forçar a vista para ver melhor. Assim esta é uma das primeiras regiões a ficar com a pele flácida e com rugas.

Usar: Cremes com filtro solar, mas específicos para os olhos que tenham fator de crescimento que garantem a formação de células que conferem firmeza e elasticidade à pele.

Nas linhas de expressão:

Estas surgem ao redor do sorriso depois de uma boa gargalhada e podem ser mais facilmente vistas ao acordar depois de uma noite de pouco descanso. Também é comum seu surgimento entre as sobrancelhas, depois de tentar proteger os olhos do sol, sem óculos de sol, mas desaparecem ao esticar a pele.

Usar: Creme com filtro solar, ácido hialurônico e DMAE

Como escolher o melhor creme contra Rugas

Nas rugas vincadas:

As rugas mais profundas, que não desaparecem ao tentar esticar a pele, geralmente surgem após os 45 anos, mas pode surgir antes em pessoas que não usam cremes hidratantes e que se expõe no sol de forma frequente, sem proteção solar.

Usar: Cremes antiidade com fatores de crescimento que possam preencher as rugas, tornando a pele mais firme e uniforme.

Nas olheiras, áreas mais escuras, manchas ou sardas:

Estas áreas precisam de clareamento e proteção solar para evitar que fiquem ainda mais escuras.

Usar: Creme com filtro solar e produtos com ação clareadora da pele como vitamina C ou DMAE.

Um outro cuidado importante é observar se o creme é para usar de dia ou a noite, porque o tempo de ação dos produtos noturnos são maiores e podem atuar durante todo o sono, quando não há tanta contração dos músculos da face. Os cremes para usar durante o dia geralmente possuem proteção solar.
Outros tratamentos antirrugas

Na fisioterapia estética existem diversas técnicas que podem ser usadas com massagens específicas, tracionamento, mobilização da fáscia e liberação miofascial além de equipamentos como laser e a radiofrequencia que tem excelentes resultados no combate as rugas, com efeito lifting, adiando a necessidade de uso de botox ou cirurgia plástica.

As sessões duram cerca de meia hora e podem ser realizadas 1 vez por semana e os resultados são cumulativos, mas os efeitos podem ser vistos logo no final da primeira sessão.